Welcome visitor you can log in or create an account

Bulimia Nervosa

topo bulimia

A bulimia nervosa atinge de 1 a 1,5% da população, sendo que 9 entre 10 pacientes são do sexo feminino. Ela está frequentemente associada a outros transtornos psiquiátricos, principalmente a quadros depressivos, transtornos de personalidade e de dependência de álcool e outras substâncias.     

Este transtorno se caracteriza pela presença de episódios recorrentes de grande ingestão de alimentos em curto intervalo de tempo, com sensação de perda de controle para comer, associadamente a frequentes comportamentos inadequados como indução de vômitos, jejum, atividade física extenuante ou uso indevido de medicações, na tentativa de prevenir o ganho de peso e compensar a ingesta alimentar vigorosa. Para o diagnóstico preciso desta doença, os episódios de comer compulsivamente e os métodos chamados compensatórios, devem ocorrer ao menos semanalmente por três meses, e estarem associados a uma preocupação excessiva com peso e formas corporais.

O tratamento da bulimia nervosa deve ser realizado por equipe multidisciplinar que inclua ao menos profissionais das áreas de Psiquiatria, Psicologia e Nutrição. Após a avaliação de um médico psiquiatra, o uso de medicações pode ser necessário para o tratamento da impulsividade característica deste transtorno. Vale lembrar que a demora para procurar ajuda profissional pode complicar a evolução e o tratamento do paciente.

United Kingdom gambling bonuses - gbetting.co.uk